Por Tiago Mascarenhas - Poe Na Roda 

A Polícia Civil de Pernambuco prendeu o principal suspeito de estuprar, apedrejar e espancar o jovem estudante Jefferson Anderson Feijó da Cruz, de 23 anos.

O nome de Robson da Silva Alexandre, 25 anos, já havia sido apontado pelo inquérito policial e em uma denúncia do Ministério Público. Quase oito meses depois do crime, a Justiça resolveu prender o agressor no último dia 1.

 

Robson responderá por tentativa de homicídio, motivado por LGBTfobia, segundo investigações do Ministério Público.

O Folha de São Paulo tentou entrar em contato com a defesa do suspeito, mas não obteve resposta. Robson negou qualquer participação no crime.

Jefferson Anderson Feijo da Cruz, de apenas 22 anos, foi brutalmente agredido no dia 7 de dezembro de 2018. Na ocasião, o jovem saiu como os amigos para comemorar sua aprovação no ano letivo da escola.

Ele foi entrado banhado de sangue e desacordado, com sua cueca abaixada até os joelhos e a camisa levantada. Após a agressão, Jeff, como é conhecido, ficou um mês em coma e, ao acordar, não era mais o mesmo. 

Desde então, o jovem não fala, não anda e tem pouquíssimas reações e precisa de muitos aparelhos para se manter vivo. Ao Folha de S. Paulo, a mãe de Jefferson, Etiene Feijó de Melo, contou que, hoje, ele responde bem ao tratamento.

“Ele já mexe os pés e parece estar ouvindo tudo o que a gente fala. Para todos nós, isso é um grande avanço”, disse Etiene.

A família de Jefferson contratou uma equipe, formada por enfermeiro, fisioterapeuta e fonoaudiólogo para prestar assistência a ele em casa. Uma vaquinha online foi organizada para que seu tratamento começasse a ser realizado. Foram arrecadados mais de R$ 100 mil.

A mãe de Jefferson disse que, agora, se sente aliviada em saber que o responsável pelo estado crítico do seu filho foi pego. 

“Recebi a notícia da prisão e senti um grande alívio. Vivi esses meses todos com muita angústia. O meu medo era que ele fizesse a mesma coisa com outra pessoa”, disse, emocionada, Etiene.

#ViNoGuiaG

COMPARTILHE: